• Breaking News

    8 de jan de 2018

    Santa Teresa: a doce terra dos Beija-Flores



    Olá amigos mais queridos do mundo! Continuando o passeio pelo belo Espírito Santo, para comemorar o dia Internacional da Felicidade, trago hoje para você minha linda cidade onde passei minha  doce infância e que jamais esqueci: Santa Teresa, a terra dos colibris e primeira cidade do Brasil fundada pelos imigrantes italianos. Verás que é um circuito maravilhoso! Venha comigo! 😉

    Você vai se surpreender com tanta beleza, tanta vitalidade, tanta natureza!! Aqui é um pedacinho da história do Brasil e também um paraíso, com toda a certeza!😊 Tem um pouquinho de tudo, entre beija-flores e orquídeas, beleza a perder de vista!



    Santa Teresa é o lugar da natureza e fica pertinho da capital do Espírito Santo, Vitória. São só 80 km que as separam. Digo que quem mora lá é privilegiado,  pois reside em um verdadeiro tesouro natural e paisagístico. Na infância, eu apenas brincava e nem sabia o quanto a cidade era incrível. Este monumento no jardim  nunca me saiu da memória, pois a arquitetura é bonita e detalhada, típica da arquitetura neocolonial:
    A cidade tem tantas e tão boas atrações, que vale a pena investir um final de semana para conhecê-la. O primeiro lugar que sugiro é ir na Praça Augusto Ruschi, a pracinha da minha infância.  Veja como o jardim é bem cuidado e lindo... 
    Ahhhhh como brinquei feliz neste jardim com seus canteiros de flores e areia branquinha,  que tem parquinho, estátua, monumentos e até um chafariz. A pracinha fica rodeada de escolas, inclusive estudei em uma delas, a Escola Pessanha Póvoa,  que foi construída em 1929 e apresenta traços da arquitetura neocolonial. Como eu fui feliz aqui gente, vocês não tem ideia! Eu corria nestes corredores de areia e divertia à beça! Ser criança é a melhor coisa do mundo! 
    Santa Teresa é também chamada "Beija-flor do Espírito Santo", graças à abundância destas aves na região e, principalmente, por ser a terra onde nasceu e viveu o cientista Augusto Ruschi — pioneiro nas pesquisas com beija-flores e fundador do Museu de Biologia Professor Mello Leitão, localizado no centro da cidade, bem próximo à pracinha! Passear no museu é garantia de felicidade, pode crer!
    O município possui uma das mais exuberantes biodiversidades do mundo, e está cercado pelas montanhas da região serrana do Espírito Santo, com cerca de 40% de seu território composto de Mata Atlântica.A cidade fica encravada em um vale e é cercada de montanhas e matas. Veja que maravilha:
    Conseguem observar no centro da imagem  a Igreja Matriz da cidade? Já subi muito aquelas escadarias. Seu interior é lindo, com pinturas e imagens belíssimas.  É de uma arquitetura exemplar e foi construída em 1906. No pátio lateral, encontra-se o monumento em homenagem ao 1º Cinquentenário da fundação do Município, com o nome dos primeiros imigrantes. A maioria das construções gravita em torno da famosa Rua do Lazer. A Igreja Matriz,  como você pode observar, fica num elevado bem no início da rua e teve seus sinos doados por Dom Pedro II. Fantástico não é? O badalar dos sinos é tão forte que chega a estremecer as escadas...rsrs
    Santa Teresa é reconhecida como a primeira cidade fundada por imigrantes italianos no Brasil, em 1875. As correntes migratórias provenientes da Itália continuaram e em 1877 chegaram os primeiros alemães, suíços e poloneses. Os colonos dedicavam-se à agricultura, tendo de início, cultura do café e cereais como principais atividades econômicas. Mas a cultura que se desenvolveu de fato foi a do café, que perdura até hoje como principal produto agrícola da região. Construída em 1875 pelos irmãos italinos Antônio e Virgílio Lambert, esta é considerada a primeira casa de Santa Teresa. Hoje ela abriga um mini-museu que conta a história dos Lambert, um dos primeiros imigrantes italianos a se instalar no município.É tombada como Patrimônio Histórico Estadual desde 1985.
    Nas montanhas da cidade se cultivam e se preservam, inclusive, espécimes lindíssimas como ipês e quaresmeiras que dão um colorido especial à cidade.  As quaresmeiras são nativas  da Mata Atlântica e foi instituída como árvore símbolo do município de Santa Teresa pela Lei Municipal 2.441/2013. Recebe este nome devido o espetáculo da floração durante o período da Quaresma, entre os meses de março e maio. É  muito lindo minha gente! Paisagem inigualável!
    ⏩   Distante 1 km do centro do município, seguindo pela Rodovia que liga Santa Teresa a São Roque, o mirante do Vale do Canaã apresenta o cenário que inspirou o romance “Canaã”, de Graça Aranha. Para quem não sabe, esse livro aborda a história da imigração alemã no Espírito Santo e tem como um de seus cenários o vale que dá nome ao livro, em Santa Teresa. É belíssimo o verde que cerca o vale do Canaã e tem um clima de pura magia!
    Subindo o vale, a partir do centro da cidade, podemos conhecer  uma das mais belas cachoeiras da Região. Com aproximadamente 90 metros de queda em meio a belos aglomerados de quaresmeiras e ipês da Mata Atlântica preservada. É ali que encontramos a Cachoeira Contry Club,  a 4 km do centro seguindo pela rodovia que liga Santa Teresa a Santa Maria de Jetibá. 
    A cachoeira  é propícia para a prática de rapel. Conta com piscina natural, área para camping e estacionamento. A Mata Atlântica ao seu redor, repleta de quaresmeiras e ipês, são um espetáculo à parte quando estão floridas.  Aqui a natureza é a artista principal!
    Aproveitando a beleza natural da Serra do Caravaggio, a cidade reuniu um portfólio de empreendimentos turísticos no chamado Circuito Caravaggio, que tem o seu auge na Rampa do Vôo Livre Amauri Fernandes. O passeio até a rampa já vale só pela vista que se tem lá de cima, mas os mais aventureiros podem também contratar um vôo de parapente É algo realmente de tirar o fôlego.
     
    Acompanhe no vídeo:

    Ainda no Circuito, você pode visitar: o Sítio Romanha, que vende artesanatos, vinhos e licores; a vinícola Tomazelli onde é possível visitar os parrerais, a Casa dos Espumantes, que fabrica o primeiro espumante capixaba e a Cachaça Da Mata, uma das mais famosas do Estado. Aqui é maravilhoso gente! Até o próximo circuito amigos! E continuaremos no Espírito Santo, terra linda e boa demais!!  Beijos!!😚
    Rotas Capixabas e imagens do Google imagens e sites acima mencionados

    Montanhas

    História

    Praias