Subida à Pedra do Cruzeiro




Visão do alto da Pedra do Cruzeiro- Marilândia-ES

Olá gente! Por acaso é adepto da prática de montanhismo ou caminhadas por trilhas ecológicas, seja em uma pequena montanha, mata ou bosque? Se  pratica o esporte, já compreende as maravilhas de praticar exercícios tão motivadores onde a natureza reina e nos fornece uma série de detalhes muito interessantes para conhecer. Eu subi na Pedra do Cruzeiro e tudo lá é grandioso! Venha comigo!

Para os que gostam do turismo ecológico, uma boa pedida é optar pelas trilhas que são encontradas em diversas partes do Brasil.  Mas o que mais importa é que caminhando por entre as trilhas ou escalando montanhas, você irá se deparar com uma flora riquíssima, fauna e em alguns casos, no sertão nordestino, até com misteriosas inscrições rupestres, ideal para os que gostam de turismo histórico. Paz, clima agradável, vegetação diferenciada. Com estes atributos, as serras são ótimas opções de repouso. Talvez perto da sua casa exista uma e nem precise pegar a estrada. Posso afirmar que os belíssimos atrativos naturais valem a pena, em qualquer circunstância!!! Vamos a alguns exemplos?

1- TRILHA ECOLÓGICA NA MATA:


Um dos passeios mais interessantes é atravessar uma trilha ecológica totalmente preservada no meio da Mata Atlântica. É fornecido aos visitantes informações sobre a importância que a Mata Atlântica tem no equilíbrio ecológico do nosso planeta e toda a sua biodiversidade.


Recanto da Mata Atlântica


Sem contar a maravilha que é sentir o fresquinho da Mata e dos rios contidos nela, ouvir o canto dos pássaros,observar a diversidade natural! Mas cuidado, antes de sair provavelmente o guia te deixará inteirado dos problemas que poderão surgir no meio do caminho, entre eles a quantidade de mosquitos que irá encontrar.


Portanto, utilize um ótimo repelente e roupas adequadas que sejam leves e protejam das prováveis picadas e dos galhos que porventura poderão te arranhar.

Um calçado confortável também é uma ótima opção para evitar o cansaço. Levar uma mochila com protetor solar, água, repelente, alimentos leves, alguns medicamentos e curativos básicos é muito importante. Faz-se necessário estar muito bem preparado para qualquer eventualidade.


2- CAMINHADAS EM ESTRADAS DE CHÃO DE TERRA BATIDA:


Você já caminhou em uma estrada de chão, rodeado por uma matinha ou qualquer outra paisagem deslumbrante à sua volta? Não tem nada melhor!! É uma ótima sensação de aventura!!! Pelo caminho você vai sendo convidado automaticamente a se inserir na paisagem e aproveitar o que de melhor a natureza possa lhe oferecer!




Pelo caminho poderá visitar cachoeiras, rios e fazendas locais que investem no agroturismo. Aqui no Espírito Santo existem vários sítios e fazendas adeptas do agroturismo como Domingos Martins, Venda Nova do Imigrante, Santa Teresa e Marilândia.

3- SUBIDAS EM MONTANHAS:


Calma, eu não vou tratar de alpinismo, pois essa é uma atividade que exige muito mais do seu praticante, principalmente equipamentos de segurança e um treinamento bastante específico.
O alpinismo propriamente dito na verdade é considerado um esporte radical consistente na prática de subir montanhas através de caminhada ou escalada. Trata-se de esporte de aventura e se encontra ligado ao turismo ecológico.

Na verdade tecerei comentários sobre subidas normais em montanhas, sem aquele compromisso com o esporte, mas que igualmente nos fornece o prazer de apreciar belas paisagens, além de gastar bastante calorias extras!!! Apresentarei uma montanha especial, com um trajeto mais íngreme e um pouquinho perigoso, mas que tive a oportunidade de subir e gostar demais da conta!! :))))

Pedra do Cruzeiro


A pedra do Cruzeiro é a rocha central e no cume está erguida uma Cruz de 13 metros de altura.
A subida é diretamente na mata, à direita por meio de uma escadaria de pedra com 2.166 degraus.

A Pedra do Cruzeiro também conhecida como Pedra da Liberdade, localiza-se à 7 Km da sede do município de Marilândia na comunidade de Alto Liberdade. Avistado à quilômetros da cidade é uma das montanhas mais altas da região com mais de 700 metros de altura.

Além de um belíssimo lugar que atrai turistas, a Pedra do Cruzeiro é um local sagrado para os fiéis que sobem a montanha para pagar promessas, fazer pedidos (principalmente chuva em tempos de seca), agradecer graças alcançadas ou somente a passeio.

Na Pedra do Cruzeiro há atualmente espetada uma cruz de 13 metros de altura em braços de 7 metros de comprimento, construída em cimento armado, sucedendo às três edificações anteriores do mesmo tipo, de ferro e madeira.

Uma curiosidade: Já foram construídos 4 cruzeiros, um o fogo queimou, outro a ferrugem destruiu, ainda outro o vento derrubou e não se sabe quando será o fim do quarto mas o fato é que, desde 1943 a Pedra do cruzeiro foi transformada num local de oração e fé e nunca em seu pico faltará o símbolo sagrado que é a cruz (exceto nos períodos de construção de uma nova).

O quarto e atual cruzeiro foi construído de cimento, porém mais forte que o terceiro, com vergalhões mais grossos, mais cimento e 4 escoras. A comunidade de Alto Liberdade teve a ajuda de muitas comunidades para a construção da cruz e principalmente com a ajuda da Prefeitura Municipal de Marilândia, que ajudou com cimento areia e outros materiais(todos os materiais utilizados na obra foram doados).

Foram levados até o alto da pedra 330 latões de areia, todos nas costas dos trabalhadores. Alguns chegaram a carregar 2 latões de areia por viajem. Foram usados aproximadamente 80 varões, alguns de até 12 metros e muito cimento e houve homens que subiram os 2166 degraus carregando 1 saco de cimento nas costas. Também mulheres carregaram materiais para a construção. Dentre todos o mais entusiasmado era o Pe. José Brasil que foi o engenheiro da obra. Em 3 de maio de 1989, foi inaugurado o quarto e atual cruzeiro com 13 metro e 30 centímetros.


É possível avistar as cidades de Marilândia e Colatina do alto da pedra do Cruzeiro.

A vista maravilhosa do alto da pedra onde se vê Colatina e trechos de outros municípios é um forte convite para um piquenique, com a vegetação ao redor bastante exuberante, onde são encontrados remanescentes de várias espécies que antigamente habitaram a região conhecida pela fertilidade da caça.



Escadaria de Pedra até a gruta no meio da Mata


Para subir até a metade do trecho que leva à Pedra do Cruzeiro, existe uma escadaria toda construída em pedra. Do começo da pedra até uma gruta que fica mais ou menos na metade do caminho, foram feitos degraus de pedra colados com cimento totalizando 1.500 degraus. Este trajeto fica no meio da mata.




Metade do caminho: missão 50% cumprida!

Escadaria no final da escalad


A partir da gruta, a construção se tornou mais difícil, pois a subida se tornou mais íngreme. Agora, já fora da mata, foi necessário usar varões de taipá e até andaimes em determinados lugares.


Assim foram construídos 666 degraus totalizando 2.166 degraus que formam a grandiosa escadaria que foi inaugurada em 1987.

A construção da escadaria iniciou-se em 1983 e levou 4 anos para ficar pronta. A escadaria foi construída pela comunidade local com grande ajuda das comunidades vizinhas.








No cume da Pedra do Cruzeiro, o trajeto torna-se demasiadamente perigoso, pois o local é rodeado de precipícios por todos os lados. Mas é só ter bastante cautela. Cuide-se em relaxar e apreciar a beleza da paisagem, onde os abismos podem até ser considerados obras primas da natureza tamanha a preciosidade de seus detalhes e profundeza.





Visão do precipício e do abismo

Tudo talhado diretamente na rocha que ergue-se majestosa e imponente em uma altura que as lentes da máquina fotográfica quase não conseguem captar. Já dá para ter uma ideia da quantidade de calorias que perdi na subida dos 2.166 degraus não é mesmo?


Mas a subida até que foi fácil. Senti mais dificuldade na descida e como consequência,  fiquei com as pernas doendo durante uma semana inteira tamanho é o esforço para escalar todos os degraus. Mas vale muito a pena, recomendo a todos!


A Pedra do Cruzeiro e seu símbolo passaram a fazer parte da história da comunidade de Alto Liberdade e é o principal ponto turístico do município de Marilândia que situa-se mais ao norte do Estado do Espírito Santo.

Para chegar lá saindo de Vitória, acesse a estrada até Colatina e de lá,  encaminhe-se para o Município de Marilândia. Saindo de Marilândia, você chega rapidamente em Liberdade. Pelo caminho avista-se a Pedra ao longe!  A “Pedra do Cruzeiro", fica cerca de trinta quilômetros da sede do Município de Colatina, na localidade conhecida pelo sugestivo nome de “Alto da Liberdade”. Até mais!!

Tecnologia do Blogger.